Cadelinha religiosa

Só eu que achei muito fofo??Judy vc vai co migo na missa de domingo (extraído do site globo.com)

 

bjus



- Postado por: mary às 22h18
[ ] [ envie esta mensagem ]

___________________________________________________




Cuidado!

Dar medicação para seu pet sem orientação pode ser fatal


cao doente

 

Dar medicação para seu pet sem orientação pode ser fatal

Você, com certeza, já ouviu um monte sobre a auto-medicação. Tipo, “Não tome medicamentos sem o conhecimento do seu médico”. Duvido muito que você consulte o médico na hora de comprar uma Aspirina, mas mesmo assim, entende o recado…”com a saúde não se brinca” e todas aquelas outras

 

coisas que

 

as avós costumam dizer.

 

Maravilha. Mas e na hora de cuidar do seu pet? Você acha que não precisa consultar o veterinário na hora de dar uma Aspirininha? Que um Engov antes e outro depois fazem milagres? Então esse post é pra você!

 

 

 

Eu selecionei os melhores casos de “auto-medicação-fail” que eu já encontrei e que, espero, vão fazer qualquer um pensar duas vezes, três vezes (…) quinhentas e vinte e duas vezes, antes de resolver testar a receita-milenar-pra-dor-no-fio-da-veia-do-osso- passada-de-geração-em-geração-na-sua-família.

 

Porque que a auto-medicação, que no caso dos animais não pode ser realmente chamada “auto-medicação” (a menos que seu pet coma cartelas de comprimidos – o cachorro de uma amiga minha faz isso…), é tão mais perigosa nos animais do que nas pessoas?

 

Começa pelo fato de que organismos diferentes reagem de formas diferentes a uma mesma substância. Se você toma um Tylenol pra febre é uma coisa, mas dê um Tylenol pro seu gato pra ver o que acontece (to brincando! Não faça isso! NÃO FAÇA ISSO!!! Sério!).

 

Outra coisa que acontece são as velhas simpatias, chazinhos da vovó e receitas de família (não vá dizer que na sua família não tem! Toda família tem uma doideira dessas. Minha mãe, por exemplo, tem o esquema de usar álcool etílico com cravo pra aliviar dor e coceira de picada de formiga. Não sei se realmente funciona, mas o cheirinho é bom…). Essas “receitinhas caseiras” podem causar efeitos desastrosos no seu amiguinho peludo, por isso, muito cuidado na hora de dar aquele chazinho de alho e cebola quando o gatinho fica resfriado! Cebola é extremamente tóxica pra cães e gatos (principalmente).

 

Você ainda acha que receita da vovó vai curar seu bichinho da dor de barriga? Dê uma olhada nesse causo, então!

 

Eu estava no meu estágio, linda alegre e pimpona, quando a Dra. Lucilândia me chamou: “você não vai acreditar nisso!” eu: “o que?” ela: “um cara acabou de ligar aqui, falando que o cachorrinho filhote ta muito mal. Ele estava doente e o maluco deu óleo de dendê pro coitado, que agora ta convulsionando, fraco e mole” eu: “óleo de dendê?! Pra que?!” ela: “não faço idéia…” (pausa – cada uma ficou matutando qual diabos seria o sentido do óleo de dendê pro cachorro.) eu: “e como ele deu óleo de dendê pro cachorro? Enfiou na boca?” ela: “não, menina. Foi metade intramuscular e metade intravenoso!” Moral da historia, não conhecemos o cachorro e muito menos o gênio farmacêutico em questão. O animalzinho morreu antes de chegar na clinica.

 

Ficou convencido que receita caseira maluca não serve pra cachorro e gato?

 

Outra coisa que a gente vê muito por aqui (eu não, porque não trabalho nessa área, mas a @Sarah_Seidel me conta direto) é que os carroceiros têm o costume de entupir a bunda do cavalo de fumo quando coitado está com cólica, acreditando que o fumo faz com que o animal defeque. Crendice das grandes! Realmente, depois de enfiar o fumo sai uma coisa meio verde e nojenta das “partes” do cavalo…coisa essa que não é nada além do próprio fumo que o zé ruela enfiou fió abaixo no coitado do bicho. Por isso, muito cuidado na hora de confiar nessas “receitas tiro-e-queda” (porque a queda não costuma ser boa….)

 

Mais uma coisa que acontece com freqüência é a receita médica do Dr. Google. Justamente por isso que eu me recuso a colocar nome de remédio, tratamento e indicações terapêuticas no blog. Já recebi vários e-mails perguntando qual o melhor vermífugo, qual a melhor vacina, que remédio eu uso quando acontece isso ou aquilo. Nem perco meu tempo respondendo. Por quê?  Porque cada caso é um caso! O remédio que serviu pro relato de caso que apareceu na revista, pode não ser o mesmo remédio que vai servir pro caso que você está atendendo. Simples assim. Cada animal tem uma dose calculada de acordo com o seu peso e suas características particulares (hepatopatia, cardiopatia, geriátrico, pediátrico, poodle, pastor alemão, persa….), por isso NUNCA use a mesma receita que você encontrou no Google no seu animal. Quer saber porque? Lê aqui:

 

Mais uma vez, eu fofa e descabelada no estágio, quando minha “empregadora” chega P da vida. “você não acredita no que aconteceu!” – disse ela – “uma mulher ligou aqui, dizendo que o cachorro tá com leishmaniose, e que ela achou na internet que o tratamento era feito com Glucantime. Comprou uma caixa, começou a aplicar no cachorro e agora ele ta tão inchado que os olhos estão quase saltando pra fora!” Esse foi mais um paciente que a gente não viu. Morreu logo em seguida, antes de chegar para a consulta.

 

E mais uma e, talvez o principal problema que a gente encontra na hora da auto-medicação em pets: a idéia infeliz de achar que remédio humano serve pra animal. Criatura! Por mais que você considere seu pet um membro da família, que “só falta falar”, mais humano que aquele seu primo porco que peida dentro do saco de pão, ele ainda é um animal. E se remédio humano servisse pra animal, não teríamos razão para ter companhias farmacêuticas especializadas em remédios para animais, certo? Algumas vezes não podemos fugir e temos que receitar um fármaco humano, mas, sempre que possível, o animal deve tomar remédios de uso veterinário. Mais uma historinha pra ilustrar:

 

4 horas da madruga, eu dormindo e sonhando..far far away…quando o telefone toca. Era o meu namorado, dizendo que a cachorrinha da irmã dele estava com a boca sangrando muito, tinha sangue pela casa toda e eles estavam desesperados (eu conseguia ouvir a minha cunhada chorando no fundo…). Cara, eu tava no 4º perídodo, pra mim podia ser qualquer coisa!. O único livro que eu tinha comigo era a bíblia da patologia, mandei um “guenta ai que eu te ligo” e sai correndo pra procurar todas as causas de hemorragia em cães. Como todo calouro miserável, eu já tava pensando nas doenças mais malucas – tipos neoplasias, carcinomas, morte em cinco minutos… – liguei de volta e perguntei “hm…vocês deram alguma coisa diferente pra Tiquinha comer?” ele: “peraí, xô ver aqui…” 30 segundos depois: “minha irmã disse que ela tava com um pouco de febre ontem, então deu um comprimidinho de AS infantil….” até hoje eu lembro do tanto que eu xinguei ele, dizendo que AS é venenoso até pra criança….quanto mais pra um pinscher! No dia seguinte a gente descobriu, a cachorra tinha quebrado um dente, mas como tinha tomado ácido acetilsalisílico – que “fluidifica o sangue” e retarda a coagulação – o machucado do dente não conseguia cicatrizar, e saiu sangue pra todo lado.

 

Como você pode ver, remédio é coisa séria e só pode ser indicado por um profissional (mais um motivo pelo qual eu não posso nem sonhar em indicar um remédio no blog…). Com a saúde dos animais a gente também não deve brincar…auto-medicação, mesmo que seja dar um xarope pra tosse, é um perigo!

 

Nunca jamais em hipótese alguma dê medicamentos ao seu bichinho sem orientação veterinária. Pode ser desastroso!



Fonte: http://petdicas.com.br



- Postado por: mary às 17h05
[ ] [ envie esta mensagem ]

___________________________________________________




Blog de cara nova

Oiie gente perceberam que o blog tá de cara nova??

Lido né!Eu sei que meio defeituoso mais  eu adorei!

Obrigada:

http://mynothing.zip.net/ Por Tudo!

bjus



- Postado por: mary às 19h30
[ ] [ envie esta mensagem ]

___________________________________________________




Queremos espaço

Queremos espaço

Eles também querem espaço

Com o aumento de pessoas que buscam a companhia de animais domésticos, cresce a necessidade de criarem-se cantos específicos que fazem a alegria dos bichos e de seus donos

Uma adaptação simples, segundo a arquiteta
Luciana Savassi Guimarães, é o uso de piso antiderrapante
Atualmente, é grande o número de pessoas que optam por ter um animal de estimação em casa. Seja para fazer companhia, agradar às crianças ou simplesmente por amor aos bichos, o fato é que nos últimos quatro anos houve um aumento de 17,6% no número de cães e gatos domésticos no Brasil, segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). A relação seria de um cão para cada seis habitantes e um gato para cada 16.


O aumento da população de animais domésticos pode ser percebido em todas as classes sociais, como aponta pesquisa do Instituto Brasileiro de Opinião Pública e Estatística (Ibope). Hoje, 63% das famílias brasileiras de classe A e B têm um bicho de estimação e o consideram integrante da família. Esse número passa para 64% na classe C e é de 55% nas D e E. A estimativa é de que 59% dos lares têm algum bicho doméstico.

Diante disso, é comum a preocupação com a criação de soluções que proporcionem mais conforto aos moradores e seus animais de estimação. O arquiteto da D&A Arquitetura Luciano Costa, observa que, em decorrência da expansão do mercado imobiliário, as construtoras e incorporadoras apostam cada vez mais nos imóveis personalizados, que atendam as expectativas dos variados perfis de consumidores. "Nessa corrente, dentre outros espaços, como salão de beleza e garage band (espaço a prova de som para ensaio de bandas), existem alguns empreendimentos que contemplam áreas para animais de estimação, algumas vezes chamadas de pet care", explica.

A arquiteta da Even Construtora e Incorporadora Roberta Castanheira de Barros explica que o pet care é um local destinado ao cuidado (banho e tosa) de animais de pequeno porte. "Além dele, pode haver o dog bar, pequeno espaço onde o cachorrinho pode beber água ao chegar do passeio", diz.
Roberta Castanheira de Barros, da Even Construtora, diz que demanda
por áreas para bichos de estimação tem crescido no mercado imobiliário
Uma prova do crescimento da procura por soluções voltadas para os animais domésticos, de acordo com a arquiteta Luciana Savassi Guimarães, é o destaque que espaços como esses ganharam em mostras, como a Casa Cor, maior evento de arquitetura, decoração, design e paisagismo da América Latina, realizado anualmente desde 1987. "Nela, arquitetos e decoradores podem personalizar esses espaços de acordo com um cliente pré-determinado e ousar nas soluções estéticas e funcionais com novos materiais e ideias", aponta.

 

CRIATIVIDADE

Conforme Luciano Costa, para a concepção dos locais para os animais de estimação, o arquiteto deve se valer de sua experiência ou da assessoria de profissionais qualificados, veterinários e zootecnistas. "De posse do perfil a que se destina o empreendimento é que será dimensionada adequadamente a área, levando em conta o bem-estar animal e a harmonia junto à imagem global do edifício."

Luciana Savassi conta que existem dois tipos de espaços voltados para o cuidado com os animais domésticos. "O pet care e o pet space, projetados geralmente na área comum, para que os animais se exercitem, brinquem e interajam." Para o primeiro, a solução pode ser simples, criando só um local para banho e uma bancada de apoio. "Mas também pode ser personalizada, se for um projeto feito para um pet em especial. Aí será levado em consideração seu tamanho, peso, tipos de tratamento que vai receber no local e decoração personalizada. Existe até ofurô para eles", comenta.

Já o pet space pode ser desde um local determinado ao ar livre para este fim até um espaço mobiliado tipo playground de animais, com vários tipos de acessórios específicos para eles se exercitarem e brincarem, como explica a arquiteta. "Ambos os espaços podem ser oferecidos pela própria construtora no projeto inicial do prédio e entregues mobiliados e decorados ou podem ficar por conta dos condôminos", acrescente Luciana.

Fonte: Jornal Estado de Minas - Júnia Letícia (http://noticias.lugarcerto.com.br/)


- Postado por: mary às 12h28
[ ] [ envie esta mensagem ]

___________________________________________________


CopyRight © Destiny - Template Shop



Histórico:

30/09/2012 a 06/10/2012
17/06/2012 a 23/06/2012
25/12/2011 a 31/12/2011
11/12/2011 a 17/12/2011
20/11/2011 a 26/11/2011
06/11/2011 a 12/11/2011
02/10/2011 a 08/10/2011
25/09/2011 a 01/10/2011
04/09/2011 a 10/09/2011
28/08/2011 a 03/09/2011
14/08/2011 a 20/08/2011
07/08/2011 a 13/08/2011
17/07/2011 a 23/07/2011
26/06/2011 a 02/07/2011
19/06/2011 a 25/06/2011
12/06/2011 a 18/06/2011
29/05/2011 a 04/06/2011
15/05/2011 a 21/05/2011
08/05/2011 a 14/05/2011
01/05/2011 a 07/05/2011
24/04/2011 a 30/04/2011
10/04/2011 a 16/04/2011
03/04/2011 a 09/04/2011
27/03/2011 a 02/04/2011
20/03/2011 a 26/03/2011
13/03/2011 a 19/03/2011
06/03/2011 a 12/03/2011
27/02/2011 a 05/03/2011
20/02/2011 a 26/02/2011
13/02/2011 a 19/02/2011
06/02/2011 a 12/02/2011
30/01/2011 a 05/02/2011
23/01/2011 a 29/01/2011
16/01/2011 a 22/01/2011
09/01/2011 a 15/01/2011
02/01/2011 a 08/01/2011
26/12/2010 a 01/01/2011
19/12/2010 a 25/12/2010
12/12/2010 a 18/12/2010
05/12/2010 a 11/12/2010
28/11/2010 a 04/12/2010
21/11/2010 a 27/11/2010
14/11/2010 a 20/11/2010
07/11/2010 a 13/11/2010
31/10/2010 a 06/11/2010
24/10/2010 a 30/10/2010
17/10/2010 a 23/10/2010
10/10/2010 a 16/10/2010
03/10/2010 a 09/10/2010
26/09/2010 a 02/10/2010
19/09/2010 a 25/09/2010
12/09/2010 a 18/09/2010
05/09/2010 a 11/09/2010
29/08/2010 a 04/09/2010
22/08/2010 a 28/08/2010
15/08/2010 a 21/08/2010
08/08/2010 a 14/08/2010
01/08/2010 a 07/08/2010
25/07/2010 a 31/07/2010
18/07/2010 a 24/07/2010
11/07/2010 a 17/07/2010
04/07/2010 a 10/07/2010
27/06/2010 a 03/07/2010
20/06/2010 a 26/06/2010
13/06/2010 a 19/06/2010
06/06/2010 a 12/06/2010
30/05/2010 a 05/06/2010
23/05/2010 a 29/05/2010
16/05/2010 a 22/05/2010
09/05/2010 a 15/05/2010
02/05/2010 a 08/05/2010
25/04/2010 a 01/05/2010
18/04/2010 a 24/04/2010
11/04/2010 a 17/04/2010
04/04/2010 a 10/04/2010
28/03/2010 a 03/04/2010
21/03/2010 a 27/03/2010
14/03/2010 a 20/03/2010
07/03/2010 a 13/03/2010
28/02/2010 a 06/03/2010
21/02/2010 a 27/02/2010
14/02/2010 a 20/02/2010
07/02/2010 a 13/02/2010
24/01/2010 a 30/01/2010
17/01/2010 a 23/01/2010
27/12/2009 a 02/01/2010
13/12/2009 a 19/12/2009



Outros sites

UOL - O melhor conteúdo
BOL - E-mail grátis
winx
adestradoronline
Meu Blog De Animais
THE DOG CLUB
minha paixao pelos animais
Abaixo assinado, Vacina gratuita contra leishimaniose
Play Labrador (parceiro)
Pet dicas
Passeios cão cães
Tudo para o seu pet
Virtual Pet
Cão sem Dono



Indique esse Blog


Créditos

Uol - Blogs

Layout por:

Destiny - Template Shop

Contador